Minha Belo Horizonte, minhas Minas Gerais.

Hoje vou publicar um texto que não é meu. É do jornalista Luiz Caversan. Ele fala um pouquinho de BH e do que é ser belorizontino e mineiro . Adoro esse texto e sei que ele já foi divulgado em muitos blogs, diga-se de passagem que em alguns blogs foram feitas alterações que considero grosseiras e desrespeitosas tanto para com o texto em si, quanto para com o autor. Então lá vai ele. É longo, mas tenham paciência de ler, pois é interessante demais! Vale a pena!


Se você é belorizontino...

Você sabe como se escreve belorizontino.

Você sabe que a Savassi não fica na França.

Você já tomou banho de mangueira e você sabe o que isso significa.

Você já participou de pelo menos um campeonato de peteca.

Você já tentou dar a volta na Lagoa da Pampulha de bicicleta partindo da frente do Iate, do PIC ou do Museu (existem lendas vivas que conseguiram).Você acha a maravilhosa vista da orla da Lagoa da Pampulha a coisa mais normal do mundo.

Você acha a maravilhosa vista da Serra do Curral a coisa mais normal do mundo.

Você acha que ver montanhas no horizonte é uma coisa totalmente corriqueira. Você sabe por que a Serra do Curral chama-se Serra do Curral.

Você já andou de bicicleta ou patins no estacionamento do Mineirão.

Você já foi ao Mineirão pelo menos uma vez, nem que tenha sido naquelas excursões básicas da escola.
Você sabe que o verdadeiro nome do Mineirão é Estádio Governador Magalhães Pinto.

Você tem o Atlético ou o Cruzeiro no coração. Para você, torcida do América é sinônimo de fusquinha.

Você sabe que Três Lobos não é o pior pesadelo dos três porquinhos.

Você sabe que Redondo não é um cara gordo.

Você sabe o que é um coreto.

Você vai à Praça da Liberdade ver a iluminação de Natal. Ou você pelo menos tenta. Porque é impossível estacionar o carro, então você fica dando voltas ao redor da praça com o carro no meio de um congestionamento monstro tentando ver os detalhes.

Você já fez pão-de-queijo ou já viu alguém fazer pão-de-queijo. O pão-de-queijo da sua avó é o melhor.
Todo domingo você almoça na casa da sua avó.

Você conhece pessoas que medem as distâncias com morros. Ex.: "Daqui até lá são 3 morros."

Você sente vertigem em lugares planos.

Você é sócio de pelo menos 1 clube.

Você não tem mar por isso vai ao bar.

Você não sabe o que é maresia.

Você acha que homens se vestirem de mulheres e vice-versa e irem para a Afonso Pena algumas semanas antes do Carnaval é normal (Fenômeno conhecido como Banda Mole).

Assistir a jogos da seleção ou a jogos importantes do Galo ou do Cruzeiro na Savassi é típico.
Comemorar as vitórias dos times na Savassi é tradição. (Não só a vitória do seu time como também a derrota do rival).

Você vai ao Shopping pelo menos 1 vez na semana.

Você sabe que a Feira Hippie não tem nada a ver com Woodstock e que lá praticamente não tem hippies.

Quando alguém te chama para tomar um cafezinho na casa dele "qualquer dia desses" você sabe que você nunca irá na casa desse alguém.

Você sabe de cor o telefone do Telepizza Mangabeiras.

Uai é ponto final, ponto de exclamação e vírgula.

Trem é a palavra curinga.Você já deve ter dito a frase: "Eu fui ali no trem coisar o troço."

Você tem um churrasco para ir todo final de semana.

Você adora ir ao Mineirão ou Mineirinho quebrar um recorde básico de público.

Você sabe diferenciar a torcida da cachorrada da torcida da bicharada.

O Parque Guanabara faz parte da sua infância.

Você já sentiu a força da gravidade na Rua do Amendoim.

Você já fez caminhada ecológica para ver as cachoeiras da Serra do Cipó.

No colégio, você foi à Gruta da Lapinha.

Você não vê nada de estranho em uma Igreja em forma de montanha.

Você já foi soltar papagaio na Praça do Papa.

Você já andou de pônei no Parque Municipal.

Você sabe que o nome: "Pirulito da Praça 7" é obsceno mas é tão comum e você simplesmente esquece isso.

Você sabe que Pampulha é uma região e não um bairro.

Você pode até não gostar de café, mas você já foi ao Café 3 Corações.

O dia 15 de agosto é feriado para você.

Você entende a música Garota Nacional do Skank. Você já deve ter encontrado a Fernanda Takai do Pato Fu pelas ruas de BH. Se nunca encontrou, não preocupa porque fatalmente você vai encontrar.

Você sabe porque todo mundo quando escuta um foguete, tiro, trovão e etc grita Galo!

Você sabe que o Sepultura nasceu em Santa Tereza.

Você sabe o que é CAOL.

Você conhece o Palhares. (Não é uma pessoa).

Você já foi ao Mercado Central comprar bichinhos.Você já tomou cerverja (de pé) no mercado central, comendo bife de fígado acebolado com giló.

Você já dançou o xenhém-nhém pelo menos para pagar uma prenda.Você sabe o que é pagar prenda.

Você sabe que o pessoal de Lagoa Santa, Contagem, Vespasiano sempre tira onda dizendo que mora em Belo Horizonte.

Você não agüenta mais a quantidade de semáforos sem nenhum sentido lógico.

Você não pode morar longe da Savassi!

Você sabe que a 6 Pistas não tem nem nunca vai ter 6 Pistas

Se você não entendeu absolutamente nada do que foi dito acima, é uma pena! Tem coisas que a gente não explica, só sente...Mas se você entendeu pelo menos a metade, parabéns:você realmente é belorizontino!



- Postado por: Jacque às 21h49
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




REFLEXÃO

Outro dia estive com uma ex-aluna. Eu disse a ela que todas as vezes que eu assistia a novela América, me lembrava de sua irmã que imigrou clandestinamente pros EUA. Qual não foi a minha surpresa quando ela disse que mais uma irmã iria tentar a travessia também!

Mas pasmem! Essa irmã deixará seu único filho que está com 4 meses, pra ir se arriscar na fronteira do México com os EUA.

Fico imaginando: se os tais "coiotes" cobram uma fortuna *(R$30.000,00) pra te levar até lá, e vc está disposto a pagar, por que não ficar com esse dinheiro e tentar se organizar por aqui? Os motivos devem ser muitos (não vou entrar no mérito da questão), mas não consigo entender como pode uma mãe abandonar seu filho de 4 meses pra se arriscar tanto assim.

E pior. Ela mal sabe falar o português e as únicas palavras que fala em Inglês são: hot dog, I love you. Seu nível de instrução é o primeiro grau incompleto. O que será que ela pensa que vai conseguir por lá?

Sub-empregos, com jornadas de trabalho escravas e sem a certeza que vão pagar o que realmente prometerem. Isso sem falar que nem poderá acionar a justiça pra requerer seus direitos, já que será uma imigrante ilegal. Passará fome e sabe-se lá se terá um lugar decente pra viver; fora o fato de ter que passar o tempo todo se escondendo dos oficiais da imigração, como se fosse uma criminosa de alta periculosidade.

Não seria essa a situação, muito provavelmente, parecida com aquela que ela tem aqui hoje?

Me respondam: o que leva uma pessoa a fazer isso nessas condições; a se sujeitar a isso? Quais são as suas chances lá?

*Vejam reportagem no www.uai.com.br , de 22/03/2005,  no ícone: Nacional: "Irmãos mineiros são presos nos Estados Unidos" que trata justamente desta questão, dos "coiotes", das facilidades que não existem e ainda cita o valor cobrado.



- Postado por: Jacque às 11h04
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




CAFÉ, CAFÉ, CAFÉ !!!

É como diz a Tatá: "café, café, café". No jornalzinho dos servidores aposentados da previdência social "Asas das Gerais" saiu uma reportagem sobre o café e seus efeitos na saúde. Então vamos lá:

  • reduz em 20% suas chances de desenvolver o Mal de Parkinson;
  • reduz suas chances de desenvolver diabettes do tipo II (mas tem que ser 6 xícaras/dia e descafeinado)
  • reduz suas chances de desenvolver câncer de intestino e de fígado;
  • aumenta a mobilidade dos espermatozóides favorecendo a fecundação;
  • aumenta a atenção, concentração e memória nos adultos e crianças;
  • não provoca gastrite ou úlcera, MAS pode agravá-las;
  • seu efeito sobre a pressão arterial e sobre o coração ainda são controversos.

E como sou FÃ de um café (um não, muitas xícaras ao dia!), é claro que adorei essa reportagem. E não adianta nem falar dos efeitos ruins (prefiro continuar só com os bons!).

O pior café que já tomei: em New York ( tinha gosto de tabaco e mais parecia "chafé" urghhh!).

O melhor café: o da minha mãe (às vezes ela erra no açúcar, mas mesmo assim, é o melhor café!).

Um café muito gostoso: na Itália (Veneza).

Um café muito caro: em Gramado - RS.

Então, faço minhas as palavras da Tatá: "Café, café, café", pois caro ou barato, cháfé ou não, café é café!



- Postado por: Jacque às 20h56
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________




Meu primeiro Post

Então finalmente resolvi blogar. Tive como estímulos os blogs das minhas amigas Ingrid e Sandra, que são ótimos por sinal.

Tomei uma boa dose de coragem, e pronto, aqui estou eu. Simples assim, porém com uma boa dose de dúvidas sobre o que escrever e como fazer.

A primeira dúvida: que nome dar. Parece fácil, mas..., depois o resto veio fluindo bem.

Depois outra pergunta: por que meu provedor não oferece um blog pra nós? Oferecem um fotoblog, mas um blog não. Não quero ficar postando fotos e mais fotos, quero só escrever! Que coisa mais sem lógica eu ter que ir pra outro portal pra conseguir um montar um blog, se meu provedor até pouco tempo atrás dizia: "Quem quer mais assina o ..." (não vou fazer propaganda! Me recuso, afinal já pago todo o mês a mensalidade pra manter meu provedor!).

Coisas da net? Coisas do Brasil? Ou seriam coisas de pesquisa? Quaisquer que sejam elas, um saco!



- Postado por: Jacque às 17h29
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________





Meu perfil
BRASIL, Mulher, Música, Viagens, Cinema, Vídeo,Natureza,Escrever e Ler!


Mineira

Belo Horizonte

Profissão: Enfermeira Intensivista

Livro de cabeceira: A irmandade do Santo Sudário

Satisfação: minha profissão

CURRENT MOON
moon phases

Contra a corrupção,   Participe dessa caminhada!

Histórico:

- 21/08/2005 a 27/08/2005
- 14/08/2005 a 20/08/2005
- 07/08/2005 a 13/08/2005
- 31/07/2005 a 06/08/2005
- 24/07/2005 a 30/07/2005
- 17/07/2005 a 23/07/2005



Outros sites:

- A pergunta que não quer calar!
- Casal Mikix
- Cibele
- Cinemeira com Olívia Joules
- Club das perguntas
- Consulta Sentimental
- e-indignação
- Mi casa, su casa
- Mineirinha n'Alemanha
- Mônica
- Sheila
- Taxitramas
- Temos que ter fé!
- Trocando figurinhas



Indique esse Blog


Contador:

eXTReMe Tracker

Layout por